quarta-feira, agosto 24

Anti-Semitas Interrompem Evento da Primeira Dama da França

A cantora francesa judia Shirel, 27 anos, foi agredida verbalmente com vaias, assobios e gritos de "morte aos judeus" durante um concerto beneficente na estação de trem de Macon, ao norte de Lion, na França, enquanto cantava sua versão de "Jerusalém" uma das músicas de seu primeiro disco. Jovens anti-semitas iniciaram a manifestação que terminou em um distúrbio e no encerramento do evento organizado pela primeira dama francesa Bernadette Chirac.

Segundo Shirel, este foi "um episódio a mais entre as centenas de incidentes anti-semitas que ocorrem na França. Hoje em dia, chamar alguém de 'judeu imundo' já é parte da linguagem do dia-a-dia. É muito difícil ser judia em meu país".