terça-feira, agosto 9

Judeus atacados com ácido na França

Um ataque perverso passou desapercebido e mal tocou as páginas da mídia. No dia 23 de julho, um sábado, jovens lançaram três garrafas de vidro cheias com ácido hidroclorídrico contra a área da sinagoga da escola Sinai na região norte de Paris. Duas delas bateram na parede e quebraram no jardim e uma passou pela janela e quebrou dentro do salão de rezas que estava cheio. Não houve feridos.

A polícia francesa prendeu um jovem não identificado publicamente com 15 anos de idade e através dele chegou a outros que participaram do atentado. Não houve divulgação da origem dos atacantes. O ministro do interior francês declarou que os incidentes anti-semitas na França caíram em 48% em relação aos seis primeiros meses do ano passado, com 290 registros, contra 561 em 2004. Ele também declarou que os atos violentos como explosões de bombas e incêndios foram 49 contra 148 no ano passado.

Não podemos nos resignar e achar que esses números "são bons" e que as "coisas estão melhorando". 290 ou 561 continuam sendo um absurdo!