quarta-feira, janeiro 11

Air Madrid vai operarvôos entre América Latina e Israel

Globo Online - 10/01/2006

JERUSALÉM e RIO - A companhia aérea espanhola Air Madrid vai oferecer ainda neste semestre vôos fretados (charters) que ligarão as cidades da América Latina a Israel, com escalas na Espanha, informou nesta terça-feira o Ministério do Turismo de Israel. O vôo é o resultado de um acordo entre representantes do ministério e a companhia aérea madrilenha, parte de uma estratégia do governo de Israel para aquecer a concorrência entre companhias aéreas européias e reduzir o preço dos bilhetes para os peregrinos latinos que desejam conhecer a Terra Santa.

A nova rota deve representar um acréscimo de 25 mil assentos em vôos entre os destinos latinos e Israel, estimou a companhia. Atualmente não existem vôos diretos que liguem os dois pontos. Em geral, os viajantes que partem do continente sul-americano são obrigados a fazer pelo menos uma escala em aeroportos europeus antes de seguir em outro vôo para Tel Aviv. O tempo estimado de vôo entre a Espanha e Israel é de cinco horas. Apesar de operar vôos semanais para Fortaleza, a Air Madrid não especificou em quais destinos da América Latina espera operar o vôo para Israel. A companhia de charters disse apenas que espera estabelecer vôos regulares entre os dois pontos, para os quais já deu entrada na papelada junto às autoridades israelenses de aviação civil. A Air Madrid mantém vôos da Espanha para Buenos Aires, Lima, Santiago do Chile, Guayaquil, Quito, Bogotá, Tenerife, Panamá, San Jose e Cartagena.  A empresa transporta cerca de um milhão de pessoas por ano para destinos na América do Sul e recentemente ampliou as rotas para outros países europeus.

Segundo o Ministério do Turismo de Israel, pelo menos 95 mil turistas vindos da América Latina visitaram a Terra Santa em 2005, 54% a mais do que no ano anterior. Nos dez primeiros meses de 2005, 17 mil deles eram brasileiros, 76% a mais do que no mesmo período de 2004.

Já o número de peregrinos e de turistas provenientes da Espanha chegou a 52 mil em 2005, quase o dobro do volume registrado no ano anterior.

Os vôos da Air Madrid devem se somar aos vôos fretados da operadora israelense Genesis Tours, que desde o fim de dezembro mantém sete freqüências semanais entre Salvador e Tel Aviv. A expectativa do ministro do Turismo de Israel, Avraham Hirchson, é de que a oferta, lançada em outubro no Rio, durante a Abav 2005 - Feira das Américas, seja estendida até março deste ano.