segunda-feira, janeiro 16

Irã vai avaliar extensão do Holocausto...

(agência Reuters - 15/ajn/2005) - O Irã planeja uma conferência para avaliar a dimensão do Holocausto, que o presidente do país islâmico Mahmoud Ahymadinejad diz ser apenas um mito, afirmou neste domingo o porta-voz do Ministério do Exterior iraniano Hamid Reza Asefi.

"O Ministério do Exterior do Irã decidiu promover uma conferência sobre o Holocausto para avaliar sua dimensão por meio de métodos científicos e discutir suas conseqüências", disse Assefi em um comunicado à imprensa. Ele não informou data e local da conferência.

Ahmadinejad causou indignação no mundo todo no mês passado quando disse que o Holocausto "o assassinato de seis milhões de judeus pelos nazistas e seus aliados entre 1933 e 1945" era um mito e sugeriu que Israel deveria ser deslocado para a América do Norte ou a Europa.

"Este é um mundo estranho... É possível discutir qualquer coisa, menos o Holocausto", disse Assefi, acrescentando que havia questões ainda sem resposta sobre a escalada do Holocausto que os europeus deveriam responder. Ahmadinejad, um ex-soldado da Guarda Revolucionária eleito presidente por maioria esmagadora em junho último, disse em outubro que Israel era um "tumor" que deveria ser "varrido do mapa".

Analistas dizem que a retórica anti-Israel de Ahmadinejad pode ser parte de uma estratégia com o objetivo de aumentar sua legitimidade interna e também a influência do Irã na região.